EAD – Seeduc anuncia parceria com TVs abertas para videoaulas.

A UPPE-Sindicato segue acompanhando todas as medidas e anúncios da Secretaria de Estado de Educação acerca da Plataforma de Educação a Distância. Na semana passada, a presidente do sinidicato, Teresinha Machado da Silva, se reuniu com o secretário estadual de Educação, Pedro Fernandes, para esclarecer mais informações acerca do modelo.   (clique e saiba mais)

Em transmissão pelo Facebook (live), na tarde de hoje (13/04) o secretário estadual de Educação, Pedro Fernandes, ratificou os planos da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) no que diz respeito à plataforma de Ensino a Distância, implementada pela Seeduc em parceria com a Google.

O secretário destacou algumas novidades e atualizações em relação à utilização do ambiente virtual e à utilização de videoaulas através de parcerias com TVs públicas e privadas. Ele anunciou a parceria com as TVs: Band, Futura, TV Alerj e TV Brasil (EBC) para a transmissão diária de 2h de conteúdos produzidos pela Seeduc.

O chefe da Pasta anunciou que os educadores da rede poderão se voluntariar para a gravação dos conteúdos educativos a serem transmitidos aos alunos pelas plataformas de TV e internet.

Outro ponto ressaltado foi a criação do vale alimentação para os alunos de baixa renda cadastrados no programa Bolsa Família. Segundo ele, cada estudante receberá um cartão para fazer compras nos estabelecimentos cadastrados. A Seeduc também destinará cestas básicas para os estudantes que não estão cadastrados no programa. Os recursos serão encaminhados à Secretaria Estadual de Assistência Social.

Na live, Pedro Fernandes reafirmou que o ano letivo está mantido e que as atividades na plataforma digital contarão como carga horária e dias letivos. Professores e alunos receberão um chip para acessar a internet.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.