site - solenidade

UPPES comemora 73 anos em defesa do magistério com tarde de homenagem a educadores e parceiros da Educação

         

        Valorizar o magistério tem sido a grande bandeira da UPPE-Sindicato, desde sua fundação, em 8 de setembro de 1945. Por isso, em comemoração aos 73 anos da instituição, foi realizada, no dia 27 de setembro, no Teatro Anaíta Custódio Cardoso, sede da UPPES, a Solenidade de entrega de Moções a professores e pessoas que se destacam pelo seu trabalho em prol da educação, no Estado do Rio de Janeiro. A solenidade contou com a presença de filiados e convidados, dentre eles, a secretária municipal de Educação de Niterói, Flávia Monteiro, além do deputado estadual Paulo Ramos, do presidente do Grupo Folha Dirigida, jornalista Adolfo Martins, bem como membros da diretoria executiva do sindicato.

Presidente    Para a presidente, Teresinha Machado da Silva(foto), o evento é importante, pois, marca o aniversário da entidade que representa os educadores do estado. Durante seu pronunciamento, a educadora ressaltou o histórico de lutas da UPPES na defesa dos direitos dos professores e as principais conquistas em favor do magistério público estadual. “A UPPES completou 73 anos de sua fundação sempre a serviço dos professores e por toda a categoria como foi a luta pela aprovação do Plano de Carreira, que foi o primeiro plano de servidor público, em todo Brasil. Assim também, como a UPPES tem o privilégio de ser o primeiro sindicato de servidor público com registro, em todo território nacional”, frisou.

       A sindicalista também ressaltou as recentes conquistas em favor da categoria. “Dentre as conquistas mais recentes, temos as vitórias na justiça com mais de dez mil processos ganhos, que devolverão aos professores o que o Estado lhes tirou. Frequentemente, os gestores deixam de pagar aos professores aquilo que lhes é devido, gerando, assim, uma série de processos a fim de que haja a devolução ao filiado daquilo que lhe foi tirado, como por exemplo: o Nova Escola,Gratificação 164 para os inativos e Interníveis*”, assinalou.

       A presidente da UPPES também criticou a desvalorização do magistério e destacou as atuais necessidades das escolas públicas. “Infelizmente, nossa educação como um todo, tem ocupado os últimos lugares nos índices de avaliações internacionais. Nossos governantes e políticos, de modo geral, não têm se preocupado em bem equipar as escolas e valorizar o professor e demais recursos humanos. A pouca atenção que os governos têm dado àqueles que se dedicam à profissão tem gerado um grande prejuízo ao nosso país”, afirmou.

Agradecimento aos homenageados e os Parceiros da Educação

        A professora Teresinha Machado da Silva também enfatizou a importância dos parceiros históricos da UPPE-Sindicato e agradeceu todo apoio prestado à UPPES e ao professorado fluminense. “Gostaríamos de agradecer, também, ao jornal O Fluminense, dirigido pelo jornalista Alexandre Torres Amora. Lembrando que o seu fundador, o digníssimo jornalista Alberto Francisco Torres foi importantíssimo na criação da UPPES. E ao jornalista Adolfo Martins, cuja preocupação do jornal Folha Dirigida é a educação e também ao jornal Tribuna de Niterói”.

      A educadora parabenizou os homenageados e estendeu seus cumprimentos a todos os educadores do estado. “Queremos, por fim, cumprimentar os agraciados com o diploma de honra, que, certamente, muito mais fizeram por merecer. Nós gostaríamos de homenagear todos os professores. Não sendo possível, foram indicados os que aqui estão para representarem toda a categoria. Neste ato, nós estamos homenageando todos os professores que dedicaram sua vida a tão nobre profissão”, afirmou.

Solenidade e arte

       Quem compareceu ao evento também pôde conferir as obras de arte do artista plástico Marcelo Toffoli, que decoraram o teatro Anaíta Custódio Cardoso.  Os homenageados da tarde, receberam das mãos de diretores e conselheiros do sindicato a Moção de reconhecimento pelos serviços prestados em favor da educação e magistério.

Foto geral cpia

 

Homenageados:

Sonia Sardela e Cleide Bertoni

Secretária da UPPES Sônia Sardella e Professora Cleidy Bertone Ribas
_________________________
Abigail Rosa e Delmo Morani
Diretora da UPPES Abigail Amim e Professor Delmo Morani
________________________
Carmem Ravizzini e Fatima Conceicao
Conselheira da UPPES Carmem Ravizzini e Professora Fátima Conceição Pires dos Santos
__________________________
Vanenca Moraes e Fatima Torres
Diretora da UPPES Vanença Moraes e Professora Fátima Torres Caetano
____________________________
Neuza Caldas e Flavio Oliveira
Diretora da UPPES Neuza Caldas e Jornalista Flávio Oliveira – Jornal O Fluminense
__________________________
Marilene Ravizzini e Iandara David
Diretora da UPPES Marilene Ravizzini e Professora Iandara David dos Santos
_____________________________
Diretora Celia e Jacy Franco
Diretora da UPPES Célia Marins e Professora Jacy Franco de Faria
____________________________
Therezinha Pacheco e Jose Carlos Rocha
Conselheira da UPPES Therezinha Pacheco e Jornalista José Carlos da Rocha Carvalho – TV NGT
_____________________________
Annita Ferro e Maria de Lourdes
Diretora da UPPES Annita Ferro e Professora Maria de Lourdes Ribeiro Maroti
____________________________
Maria Candida Leal e Maria Jose Medeiros
Conselheira da UPPES Maria Cândida e Professora Maria José Medeiros
_________________________________
Maria Aparecida Travassos e Marly Braga
Diretora da UPPES Maria Aparecida Travassos e Professora Marly Braga Leal Carvalho
________________________________
Lucinda Bezerra de Menezes e Ruth Garcia
Secretária Geral da UPPES Lucinda Bezerra de Menezes e Professora Ruth Garcia Tavares
________________________________
Prof. Stelling e Adolfo Martins
A professora Terezinha Saraiva –  foi representada pelo jornalista Adolfo Martins, presidente do Grupo Folha Dirigida e recebeu a Moção do diretor da UPPES Professor Stelling Junior.
_____________________________
Eliane da Costa e Waldenir de Braganca
Diretora da UPPES Eliane da Costa e Professor Dr. Waldenir de Bragança
_________________________________
Encontro C

XVII – Encontro Estadual UPPES de Cultura – 10 de outubro

Convite EC copia

infoo

SEEDUC PUBLICA EM DIÁRIO OFICIAL A CONVOCAÇÃO DE 362 PROFESSORES CONCURSADOS

      Foi publicado no Diário Oficial, desta sexta-feira (21/09), pela Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), a convocação para a nomeação de 362 professores concursados. Os educadores fazem parte dos 923 professores que aguardavam a nomeação. Em janeiro deste ano, 304 professores foram convocados pela Seeduc. Em julho, um novo grupo de 103 foram convocados e no início de setembro, mais 78 educadores.

       A UPPE-Sindicato  tem reivindicado e acompanhado a devida nomeação desses educadores, a fim de que a lei seja cumprida e a carência da Rede Estadual de Ensino seja suprida. A reivindicação da UPPES é para que todos os concursados sejam devidamente nomeados.

Clique aqui e veja a publicação do Diário Oficial com a lista dos convocados:

convite 5

UPPE-Sindicato comemora 73 anos homenageando educadores e parceiros da Educação

       A União dos Professores Públicos no Estado-Sindicato (UPPES) irá homenagear educadores e parceiros da educação, na solenidade de 73 anos de fundação da entidade. O evento ocorrerá no dia 27 de setembro, às 15h, no Teatro Anaíta Custódio Cardoso, na sede da UPPES, localizada na Rua La Salle, nº 22, Centro, Niterói. A Homenagem é concedida a pessoas que se destacam pelo trabalho em prol da Educação.

       De acordo com a presidente da UPPES, Teresinha Machado da Silva, a Moção que será entregue aos homenageados é uma forma de reconhecer o trabalho de todos os educadores e parceiros da educação. “Desejamos que todos os educadores do estado sintam-se homenageados e abraçados pela UPPES. Sabemos da importância dos professores para o pleno desenvolvimento da educação e da sociedade como um todo. Agradecemos aos nossos parceiros de sempre, o jornal Folha Dirigida, o jornal  O Fluminense, entre tantos outros que nos apoiam na defesa constante do magistério”, afirmou.

        A educadora, mais uma vez, ressaltou a atual situação do professorado fluminense. “Em mais de sete décadas de história, a UPPES enfrentou diversas batalhas em favor dos educadores. Atualmente, temos enfrentando mais uma. Estamos há quatro anos sem nenhuma recomposição salarial. Reivindicamos 36% para amenizar as perdas dos últimos anos. Contudo, nossa voz terá mais força se lutarmos juntos, professores e sociedade. É necessário que todos abracem essa causa, afinal, a educação é um bem de valor imensurável para nosso país e a valorização do magistério é o primeiro passo para o desenvolvimento”, frisou.

      A sindicalista destacou a necessidade de investimentos nas unidades escolares. “Para um pleno desenvolvimento do Estado e do país, há a necessidade de grandes investimentos nos professores e infraestrutura, além do incentivo à arte e ao esporte, que são de suma importância para a formação do indivíduo. Nós temos lutado para que isso seja integrado às escolas”.

      Fundada em 08 de setembro de 1945, a UPPES (União dos Professores Públicos do Estado-Sindicato) vem se destacando, há 73 anos, na luta em defesa da educação pública no Estado do Rio de Janeiro.

      Em 1988, foi consolidada como o primeiro sindicato de servidores públicos do país e responsável pelas maiores conquistas da categoria, dentre elas: o Plano de Carreira do Magistério (Lei 1614/90), a conquista dos quinquênios/triênios, o cumprimento da paridade, a inclusão dos professores de 40h no Plano de Carreira, entre outras tantas conquistas.

     A entidade conta com um amplo apoio à saúde e ao bem estar do professor, além das reivindicações para o magistério. A Casa do Professor, em Pendotiba, Niterói, é local de lazer, cultura e hospedagem.

     Com o objetivo de atender ao filiado de todo estado, a UPPES possui, além da sede em Niterói, três subsedes no interior, nos município de Campos dos Goytacazes, Nova Friburgo e Itaocara, além das representações em todas as regiões.

Homenageados:

Professora Cleidy Bertone Ribas

Professor Delmo Morani

Professora Fátima Conceição Pires dos Santos

Professora Fátima Torres Caetano

Jornalista Flávio Oliveira

Professora Iandara David dos Santos

Professora Jacy Franco de Faria

Jornalista José Carlos da Rocha Carvalho

Professora Maria de Lourdes Ribeiro Maroti

Professora Maria José Medeiros

Professora Marly Braga Leal Carvalho

Professora Ruth Garcia Tavares

Professora Terezinha Saraiva

Professor Dr. Waldenir de Bragança