convite 5

UPPE-Sindicato comemora 73 anos homenageando educadores e parceiros da Educação

       A União dos Professores Públicos no Estado-Sindicato (UPPES) irá homenagear educadores e parceiros da educação, na solenidade de 73 anos de fundação da entidade. O evento ocorrerá no dia 27 de setembro, às 15h, no Teatro Anaíta Custódio Cardoso, na sede da UPPES, localizada na Rua La Salle, nº 22, Centro, Niterói. A Homenagem é concedida a pessoas que se destacam pelo trabalho em prol da Educação.

       De acordo com a presidente da UPPES, Teresinha Machado da Silva, a Moção que será entregue aos homenageados é uma forma de reconhecer o trabalho de todos os educadores e parceiros da educação. “Desejamos que todos os educadores do estado sintam-se homenageados e abraçados pela UPPES. Sabemos da importância dos professores para o pleno desenvolvimento da educação e da sociedade como um todo. Agradecemos aos nossos parceiros de sempre, o jornal Folha Dirigida, o jornal  O Fluminense, entre tantos outros que nos apoiam na defesa constante do magistério”, afirmou.

        A educadora, mais uma vez, ressaltou a atual situação do professorado fluminense. “Em mais de sete décadas de história, a UPPES enfrentou diversas batalhas em favor dos educadores. Atualmente, temos enfrentando mais uma. Estamos há quatro anos sem nenhuma recomposição salarial. Reivindicamos 36% para amenizar as perdas dos últimos anos. Contudo, nossa voz terá mais força se lutarmos juntos, professores e sociedade. É necessário que todos abracem essa causa, afinal, a educação é um bem de valor imensurável para nosso país e a valorização do magistério é o primeiro passo para o desenvolvimento”, frisou.

      A sindicalista destacou a necessidade de investimentos nas unidades escolares. “Para um pleno desenvolvimento do Estado e do país, há a necessidade de grandes investimentos nos professores e infraestrutura, além do incentivo à arte e ao esporte, que são de suma importância para a formação do indivíduo. Nós temos lutado para que isso seja integrado às escolas”.

      Fundada em 08 de setembro de 1945, a UPPES (União dos Professores Públicos do Estado-Sindicato) vem se destacando, há 73 anos, na luta em defesa da educação pública no Estado do Rio de Janeiro.

      Em 1988, foi consolidada como o primeiro sindicato de servidores públicos do país e responsável pelas maiores conquistas da categoria, dentre elas: o Plano de Carreira do Magistério (Lei 1614/90), a conquista dos quinquênios/triênios, o cumprimento da paridade, a inclusão dos professores de 40h no Plano de Carreira, entre outras tantas conquistas.

     A entidade conta com um amplo apoio à saúde e ao bem estar do professor, além das reivindicações para o magistério. A Casa do Professor, em Pendotiba, Niterói, é local de lazer, cultura e hospedagem.

     Com o objetivo de atender ao filiado de todo estado, a UPPES possui, além da sede em Niterói, três subsedes no interior, nos município de Campos dos Goytacazes, Nova Friburgo e Itaocara, além das representações em todas as regiões.

Homenageados:

Professora Cleidy Bertone Ribas

Professor Delmo Morani

Professora Fátima Conceição Pires dos Santos

Professora Fátima Torres Caetano

Jornalista Flávio Oliveira

Professora Iandara David dos Santos

Professora Jacy Franco de Faria

Jornalista José Carlos da Rocha Carvalho

Professora Maria de Lourdes Ribeiro Maroti

Professora Maria José Medeiros

Professora Marly Braga Leal Carvalho

Professora Ruth Garcia Tavares

Professora Terezinha Saraiva

Professor Dr. Waldenir de Bragança

DSC_0068

Vamos lançar as redes: UPPE-Sindicato celebra missa em Ação de Graças e conclama a sociedade para lutar pela Educação

Para site“Vamos lançar as redes! Assim como Cristo disse a Pedro, temos de nos unir. Não podemos desanimar, nem perder a esperança”. Esse foi o ponto forte do pronunciamento da presidente da União dos Professores Públicos no Estado-Sindicato (UPPES), Teresinha Machado da Silva, durante a celebração da missa em Ação de Graças pelos 73 anos de fundação da entidade, na Paróquia de São Francisco Xavier, em Niterói, no dia seis de setembro. Celebrada pelo padre Magno Guilherme Angeli, a solenidade contou com a presença de diretores, conselheiros, filiados e funcionários do sindicato.

       A sindicalista destacou o grave momento vivido pelo magistério público estadual e ressaltou a participação da sociedade para uma mudança no quadro atual. “Quero, em primeiro lugar, agradecer a Deus por ter permitido que esta instituição chegasse a seus 73 anos de luta pela educação e pelos professores. Estamos atravessando uma fase muito difícil. A educação pública está sucateada, mas não podemos desanimar. Assim como Cristo falou a Pedro, temos que lançar as redes! Temos de nos unir. Não podemos perder a esperança, devemos esperar. Todos nós. Não apenas professores e pais de alunos, mas toda a comunidade, principalmente a comunidade cristã, precisamos nos unir nessa luta para uma educação de qualidade”, afirmou.

    A educadora assinalou a importância da valorização do magistério como o principal passo de melhorias para a educação. “Nossos professores estão desanimando. Precisamos valorizá-los, para que as crianças tenham, na escola, um mestre a semelhança de Cristo. Sabemos que ninguém será igual, mas que possam seguir os ensinamentos”, frisou.

        A presidente da UPPES agradeceu pelo apoio dos filiados, da diretoria do sindicato e da Paróquia São Francisco Xavier e, mais uma vez, reforçou seu apelo de união em favor do magistério e da educação, além de ressaltar a responsabilidade da população na escolha dos governantes. “Agradeço, mais uma vez, por me darem essa oportunidade de conclamar todos para não ficarem parados. Observem o que Jesus falou e vamos lançar as redes. Está na hora! Vamos analisar bem o que faremos nessas eleições, para que possamos ter um país e um estado em melhor situação. Reforço meu pedido, para que rezem por todos os professores, que passam diariamente por tanta dificuldade”, assinalou.

     De acordo com ela, a realização da missa tem o objetivo de reforçar as orações pela categoria. “Estamos aqui em oração, pedindo a Deus para que a Educação pública do Estado do Rio de Janeiro encontre no próximo governante aquele que vá recuperá-la para benefício do nosso estado e do Brasil como um todo”, disse.

     Fundada em 08 de setembro de 1945, a UPPE-Sindicato é responsável pelas principais conquistas do Magistério Público Fluminense.  A entidade conta, além das reivindicações para a categoria, com um amplo apoio à saúde e bem-estar do professor. Em 1988, foi consolidada como o primeiro sindicato de servidores públicos do país.

Homenagem a educadores e parceiros

      A UPPES irá homenagear educadores e parceiros da educação, na solenidade de 73 anos de fundação da entidade. O evento ocorrerá no dia 27 de setembro, às 15h, no Teatro Anaíta Custódio Cardoso, na sede da UPPES, localizada na Rua La Salle, nº 22, Centro, Niterói. A Homenagem é concedida a pessoas que se destacam pelo trabalho em prol da Educação. Para mais detalhes – Clique aqui.

infoo

Seeduc publica em Diário Oficial convocação de 78 professores concursados

     Foi publicado no Diário Oficial, desta terça-feira (04/09), pela Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), a convocação para a nomeação dos 78 professores que aguardavam a nomeação. Os educadores fazem parte dos 923 professores que aguardavam a nomeação (Saiba mais clicado aqui). Em janeiro deste ano, 304 professores foram convocados pela Seeduc. Em julho, um novo grupo de 103 foram convocados. Com o novo grupo, o número de docentes que ainda aguarda a nomeação cai para 438.

     A UPPE-Sindicato reforça, mais uma vez, que tem reivindicado e acompanhado a devida nomeação desses educadores, a fim de que a lei seja cumprida e a carência da Rede Estadual de Ensino seja suprida. A reivindicação da UPPES é para que todos os concursados sejam devidamente nomeados.

Clique aqui e veja a publicação do Diário Oficial com a lista dos convocados:

infoo

Publicado no Diário Oficial mais uma listagem de Enquadramentos por Formação

     Foi publicado no Diário Oficial (páginas 16 a 21), desta terça-feira (28/08), os Enquadramentos por Formação do Magistério Público Estadual.

    O cumprimento da Lei 1.614/90, que determina o Enquadramento por Formação, é um pleito de reivindicação constante da UPPE-Sindicato. Os processos de enquadramento encontravam-se parados, desde de 2012.

  Ressaltamos a importância do cumprimento da lei, tendo em vista que a ninguém é permitido seu descumprimento. Continuaremos acompanhando todo o processo.

   A UPPE-Sindicato orienta os professores para que entrem em contato com o sindicato em caso de dúvida. Ligue para: (21) 2717-6025 ou através do “Fale Conosco” clicando aqui.